Portugal Start-Up: Análise Sectorial: Comércio a retalho de vestuário para adultos, em estabelecimentos especializados

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Análise Sectorial: Comércio a retalho de vestuário para adultos, em estabelecimentos especializados

Análise Sectorial do CAE 47711 - Comércio a retalho de vestuário para adultos, em estabelecimentos especializados

Em 2009 existem 4 248 empresas com esta actividade (tipicamente Lojas de Roupa);

Em 2009 o número de empresas desceu 6,5% devido a falências e extinção de actividade.

O sector representa 1,15% do tecido empresaria português.

Calcula-se que cerca de 20% das empresas deste sector atravessam dificuldades financeiras em 2009 (contra 16% em 2008).

27% das empresas têm sede social em Lisboa e 17% no Porto.

Trata-se de um sector caracterizado principalmente por micro e pequenas empresas, cuja facturação média em 2009 foi de 546 mil €uros.

2009 não foi (em média) um ano lucrativo para o sector. A média de Resultado Liquido de cada empresa foi de -5 817 €uros.

O Capital Próprio é em média de 120 mil €uros e o Passivo de 424 mil €uros. Comparando com o ano anterior, os Capitais Próprios subiram 27% e o passivo subiu 10,5%. A acompanhar estes valores, a Autonomia Financeira Média melhorou de 19,9% em 2008 para 22,2% em 2009, em contraciclo com o tecido empresarial.

Solvabilidade 2009 do sector: 28,5%.

Payback médio era de 3,5 anos...

As empresas do sector têm em média um PMP (Prazo Médio de Pagamento) de 118 dias (mais 19 dias que em 2008), significando que existe forte financiamento junto de fornecedores (uma vez que os recebimentos são bem mais rápidos).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...