Portugal Start-Up: Empreendedorismo Solidário - Coworking

terça-feira, 29 de maio de 2012

Empreendedorismo Solidário - Coworking


Hoje em dia ser empreendedor e criar o seu próprio emprego não implica estar isolado.

Surgiu, nos Estados Unidos, em 1999, um conceito que iria revolucionar o mercado do trabalho. Nesse ano, o game designer Bernie DeKoven cunha o termo cowork que descreve como o trabalho em conjunto, desenvolvido entre diversos técnicos que tinham o computador como ferramenta de trabalho. Contudo, em 2005 o conceito de cowork é usado por Brad Neuberg para descrever um espaço físico, onde elementos de diversas áreas trabalhavam independentemente e partilhavam o mesmo local de trabalho. Desde então, o coworking tem crescido como modelo alternativo ao tradicional escritório e até ao trabalho a partir de casa.

O coworking pressupõe a partilha de um espaço de trabalho em que todos os trabalhadores têm a sua actividade laboral e não dependem de uma organização central comum. Este modelo está especialmente direcionado para empreendedores em nome próprio, freelancers, mas também para pequenas empresas ou start-ups que vêm no coworking uma oportunidade para conviver com parceiros com experiências e ideais semelhantes. O grande objectivo dos espaços de coworking é combater o isolamento do mundo do trabalho fora das grandes e médias estruturas empresariais, ao juntar profissionais de diversas áreas que estejam interessados em criar novas sinergias, o coworking aposta num novo modelo de trabalho que privilegia as relações humanas e o trabalho em parceria.

coworking

Os espaços de coworking não são incubadoras de empresas. Estes espaços, ao contrário dos ninhos de empresas, são projectos com base em processos sociais, de cooperação e de natureza informal. O modelo do coworking assemelha-se ao de uma comunidade, que se rege por normas de índole mais cooperativista, enquanto as incubadoras de empresas apostam no crescimento autónomo dos projectos.  

Regra geral o espaço de coworking oferece duas soluções base: a mesa de trabalho ou o escritório. Qualquer um deles inclui o uso de uma sala loundge, cafetaria, espaços sociais e salas de reuniões.

Para mais informações sobre ajudas à criação do seu próprio emprego consulte o nosso site em www.uptostart.com.


2 comentários:

  1. Acho bastante interessante o conceito de coworking, de modo que no meu caso foi bastante produtivo, já que tive que mudar de país e a melhor alternativa foi buscar um bom espaço de coworking! Aqui no Brasil achei uma empresa muito séria e que oferece serviços de ótima qualidade, se alguém se interessas aqui esta o site: www.coworking-itaim.com.br

    ResponderEliminar
  2. Com o objectivo de reduzir custos, oferecemos um ambiente de trabalho profissional, onde é necessária a sua presença mas onde também pode sair e dedicar-se a atrair novos clientes, Co-working Regus Portugal

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...