Portugal Start-Up: Sociedades de Capital de Risco em Portugal

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Sociedades de Capital de Risco em Portugal



O Capital de Risco é hoje uma das formas de financiamento das empresas, nomeadamente das PMEs e Start-ups (principalmente nas fases early-stage, com 3 anos de actividade, em mercados emergentes, novos mercados, área das tecnologias, energias e/ou altamente escaláveis). Entram normalmente nas empresas após os Business Angels.  Esta forma de investimento empresarial privado ou institucional procura empresas com forte potencial de rentabilização e crescimento. 

Para o investidor o sucesso do seu investimento é directamente proporcional ao sucesso do negócio. O Capital de Risco distingue-se por ser uma operação levada a cabo por um investidor profissional que adquire uma participação no capital social de uma empresa, em regra minoritária, com o intuito de receber, no mais curto espaço temporal possível, as mais-valias do seu investimento. 

Uma Sociedade de Capital de Risco tem um comportamento análogo ao de um sócio minoritário contudo esta não é um parceiro passivo, antes pelo contrário, a sua participação supõe também, para além do investimento de capital, a doação dos instrumentos necessários ao seu desenvolvimento, seja por via do know how empresarial da Sociedade de Capital de Risco seja pela rede de contactos que estas entidades possuem. Este último facto materializa-se muitas vezes na medida em que determinadas Soc. de capital de Risco investem epenas em determinados sectores onde estão mais especializados). 

O Capital de Risco é uma das formas das empresas conseguirem expandir o seu negócio sem se sujeitarem aos tramitos e exigências do crédito bancário, ou, no caso das start-ups, conseguirem um input de capital inicial que de outra forma não lhes seria acessível. Neste sentido, este investimento não pretende ser uma salvação de último recurso para empresas em dificuldade, mas sim, uma hipótese para empresas com alto potencial de crescimento e uma boa relação rentabilidade/risco, seja qual for o seu sector.

As diferentes Sociedades de Capital de Risco em Portugal são representadas pela Associação Portuguesa de Capital de Risco e de Desenvolvimento (APCRI) que tem por objectivo zelar pelos interesses comuns das entidades que representa. Esta Associação é ainda um ponto de divulgação das actividades dos seus membros e de formação junto das empresas. A APCRI é a entidade que junto dos organismos oficiais, governamentais, económicos, financeiros e sociais representa e defende as Sociedades de Capitais de Risco Portuguesas. Listamos abaixo as Capitais de Risco associadas à APCRI. 

Para ver a lista atualizada consulta Lista das Sociedades de Capital de Risco em Portugal


E estes artigos também podem interessar:

Associações Portuguesas de Business Angels (atualizado)

6 Apoios para criar a sua própria empresa


O que Procuram os Business Angels e as Sociedades de Capital de Risco



ASSOCIADOS DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE CAPITAL DE RISCO E DE DESENVOLVIMENTO

MEMBROS EFECTIVOS:


  • BIG CAPITAL, S.A.
  • CRÉDITO AGRÍCOLA CONSULT - Assessoria Financeira e de Gestão, S.A. - www.caconsult.pt/
  • ECS - Sociedade de Capital de Risco, S.A. - www.ecs.pt
  • SDEM - Sociedade de Desenvolvimento Empresarial da Madeira, SGPS, S.A.

MEMBROS ADERENTES:

  • IAPMEI - Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação - www.iapmei.pt


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...