Portugal Start-Up: Theodore Levitt - Grandes nomes da gestão

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Theodore Levitt - Grandes nomes da gestão


THEODORE LEVITT

1925 - 2006

O artigo «Marketing myopia», publicado na Harvard Business Review de Julho/Agosto de 1960, lançou a carreira de Theodore Levitt e fez com que o conceito de marketing regressasse às agendas das empresas.

Levitt, de origem alemã, argumentou que a preocupação central das empresas deveria ser a satisfação dos clientes, em vez do fabrico de produtos. O sucesso de Henry Ford na produção em massa incentivou a crença de que a produção a baixo custo era a chave do sucesso das empresas, mas Levitt observou que uma estratégia dessas conduzia à restrição das expectativas.


Outra distinção que Levitt fez foi entre as tarefas de venda e as de marketing: as primeiras são técnicas para fazer com que as pessoas troquem o dinheiro por produtos; as segundas traduzem-se na identificação e satisfação das necessidades dos clientes.


Levitt nunca deixou a Harvard Business School e foi editor da Harvard Business Review durante quatro anos, na qual revelou consistentemente as principais tendências no mundo empresarial.


Várias frases de Theodore Levitt ficaram famosas:
"Seus ativos mais importantes, seus recursos humanos, sua reputação, suas marcas e seus clientes não aparecem nos livros nem caixas.
"Um produto não é um produto a não ser que seja vendido. Caso contrário, é apenas uma peça de museu."
"Criatividade é pensar novas coisas. Inovação é fazê-las."
"Diferencie tudo de qualquer coisa."

"O primeiro negócio de qualquer negócio é continuar no negócio."

Theodore Levitt






CONCEITOS-CHAVE
-  Marketing.
- Globalização.
livro-chave
- Inovation in Marketing.
-The Marketing Imagination.

1 comentário:

  1. Criatividade é pensar novas coisas. Inovação é fazê-las.
    Grande frase de Theodore Levitt

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...