Portugal Start-Up: Tudo sobre Landing Pages

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Tudo sobre Landing Pages

A Landing Page é uma ferramenta brutal para gerar leads, contatos, gerar compras por impulso ou até para testar a recetividade do mercado relativamente a determinados produtos eventualmente até antes do seu lançamento. No entanto, há muito a falar sobre as landing pages, como fazer uma landing page e da forma como todemos torná-las mais eficientes. Vamos a isso?

Leia também: Como Gerar Mais Leads

O que é uma Landing Page


A tradução direta de landing page será "página de aterragem" mas na verdade é mais do que isso. Habitualmente a Landing Page é um site na internet de página única (ou um microsite) que está desenhado especialmente para converter as visitas em leads.
A landing page deve ser assim totalmente pensada para em poucos segundos captar e converter o que queres captar do visitante: email, telefone, nome ou outras informações. Estas informações são depois usadas para vender o teu produto ao cliente e é a partir deste momento que estas leads entram no funil de vendas.

Leia também: Como usar o Funil de Vendas

Para que serve uma Landing Page


Uma das questões mais frequentes é: se já tenho um site para quê ter uma landing page? Bem, o landing page faz de uma forma mais eficiente aquilo que o site eventualmente já faz: converter a visita à landing page em lead ou em contato.

Imagine o seguinte o seguinte exemplo: tem uma loja online de skates (podia ser qualquer outro produto ou serviço). Nesta loja online de skates, vende 15 modelos diferentes de skates, rodas para skates, trucks e outros acessórios. O fato de ter vários produtos e várias páginas no site, faz dispersar um pouco a atenção dos visitantes do site o que não é mau mas diminui a probabilidade de converter visitantes em leads pois o call to action (CTA) não é tão óbvio.

Por outro lado, se o visitante aterra numa landing page que diz algo do tipo: "Quer receber um boné da Osiris? Registe-se já!" aumenta em muito a probabilidade de realmente se registar tornando-se a partir desse momento numa lead que pode ser trabalhada no futuro com email marketing, telefone, outras ofertas etc. Vamos mesmo oferecer o boné a quem se registou na landing page? Sim claro, nas condições diz em letras pequenas que o boné é oferecido a quem se tenha registado e faça uma compra superior a 100 euros (é só um exemplo). Caso o teu site venda um serviço, a oferta pode passar por exemplo por um inforproduto.

Está estatísticamente provado que uma boa landing page converte mais do que um site normal.

A ideia de captar mais leads com a landing page é depois cuidar delas. Já sabemos que à partida se o visitante forneceu os seus contatos é porque se encontra minimamente interessado no produto. A partir do momento da conversão dos visitantes o objetivo é cudá-los e nutri-los. É neste momento que a lead entra no funil de vendas e o contato deve tratado de acordo. Deve informar o cliente, mostrar-lhe as vantagens do seu produto e assim ajudar a lead a amadurecer a sua intenção de compra até que compre mesmo o seu produto.
Este amadurecimento da lead em direção à compra pode ser feita de forma relativamente automatizada com a ajuda de um bom software de CRM.

Leia também: Os três melhores softwares de CRM

A conversão com landing page


A landing page deve estar desenhada e ter o texo necessário (apenas o necessário) para fazer AIDA no visitante. O que é o AIDA: Atenção, Interesse, Desejo, Ação. É isto que deve ser despertado no visitante para que ele se converta em lead.

atenção interesse desejo ação

Atenção
A landing page deve chamar a atenção do potencial cliente em 5 segundos, i.e. em 5 ou menos segundos o visitante deve perceber de que produto se trata, que oferta existe e que ação tem que tomar. A regra dos 5 segundos deve aplicar-se pois se a landing page não responder às questões do visitante em menos de 5 segundos significa que está mal desenhada e que o bounce rate pode vir a ser muito elevado e penalisador.

Interesse e Desejo
A página deve despertar o interesse e desejo do visitante. A oferta deve ser suficientemente atraente para o visitante ficar com desejo.

Ação
A ação deve ser simples. Tenta não solicitar informação complexa ao cliente como a sua morada. Se possível, pede apenas o nome, email e telefone que é a informação base para voltar a contatar a lead. Caso tenhas que pedir mais informações tenta fazê-lo de forma breve ou a landing page pode não trazer os resultados esperados.

O que oferecer às pessoas que subscrevem a sua landing page


Primeiro de tudo: não que que oferecer nada na verdade. Pode eventualmente "oferecer" apenas informações adicionais sobre o produto/serviço em questão. No entanto há que ter em mente diferentes ofertas de acordo com o produto/serviço que na verdade queres vender quando se desenha a lading page:

  • Descontos: oferecer um cupão de desconto no teu produto/serviço 
  • Brindes: pode oferecer um pequeno brinde aquando da compra do cliente. Voltando ao caso dos skates: pode por exemplo prometer a oferta de um daqueles skates em porta chaves quando o cliente realizar uma compra
  • Uma amostra do produto que é enviada por correio
  • eBooks: no que toca a produtos digitais ou serviços um eBook pode seer um excelente valor acrescentado
  • Webinars
  • Kits informativos
  • Templates
  • Acesso a ferramentas online
  • Estudos
  • Infogramas

Qual o formato de uma landing page


Uma landing page deve ser simples e ter pouco ruído. Na verdade a landing page deve de obedecer à regra dos 3 C's: ser Clara, Concisa e Concreta. O desenho da página deve também levado o visitante ao AIDA: Atenção, Interesse, Desejo e Ação.
O formulário para o visitante preencher deve estar à vista na primeira parte da página.
De forma a despertar o Interesse e o Desejo do visitante, este deve perceber qual o objetivo da landing page, qual a oferta e qual o produto/serviço em questão logo no título e subtítulo da página (os olhos dos visitantes percorrem sempre em primeiro lugar essa parte das páginas).
De seguida, a landing page deve ter um pequeno texto (pequeno mesmo), descrevendo os benefícios do produto ou serviço, use frases claras e curtas.

Note que pode fazer páginas específicas de acordo com a segmentação dos visitantes. Imaginemos que quer captar leads de skaters que podem comprar skates online e que a sua loja online vende para três países diferentes: Brasil, Portugal e Angola. Aqui pode ser interessante criar 3 landing pages cada uma com a sua imagem. A primeira com uma imagem de um skater nas ruas de S. Paulo, a segunda com um skate e com imagem de fundo de Lisboa e a terceira com skaters na Baía de Luanda. isnto vai fazer com que os visitantes se identifiquem mais com a imagem e que se convertam em lead muito mais facilmente.

Não se esqueça de escrever frases curtas e de fácil compreenção, usar eventualmente bullet points e foco nos benefícios.

No formulário de contato não se esqueça que quanto mais informações solicitar, menor a taxa de conversão da landing page.

Não se esqueça também da política de privacidade.

No exemplo desta landing page, o título descreve o produto "Wine investments" e o subtítulo mostra a rentabilidade atraente destes investimentos em vinho. Abaixo disso estão algumas vantagens em frases curtas com bullet points. À direita (deve estar sempre do lado direito) está o formulário de contato e por cima deste diz "Excelente oportunidade, preencha e faça download da brochura grátis". Abaixo do formulário de contato há o call to action "Download now".
Mais abaixo refere ainda que se abilita a ganhar uma caneta no valor de 1200 euros.
Pode ainda direcionar o olhar do visitante. Neste caso, caso uma seta aponta para o formulário.
Este é o exemplo de uma boa landing page.

Existem ainda algumas pequenas técnicas para aumentar as conversões das suas landing pages:

  • Criar senso de urgência dizendo que a oferta termina em x dias
  • Dizer que x mil pessoas já aderiram
  • Faça o teste dos 5 segundos ou  o teste da mãe: mostre a lading page a um amigo ou à sua mãe que não saiba do que se trata e mostre-a por 5 segundos. Depois disso é suposto ele ter percebido do que se trata o produto, para que serve e qual a oferta


O que fazer depois da conversão com a landing page


Tenha um email automatizado que envia um email automático a a agradecer e com dados adicionais. No prazo máximo de 24 horas, envie email ou telefone à lead para a tentar converter em venda. Aqui também pode entrar muito o apoio de um software de CRM.

Leia também: Como Aumentar as Vendas Online

Conclusão do nosso Tudo Sobre Landing Pages

Meça o desempenho da lading page e esteja atento ao seu analytics. Se for necessário faça A-B testing.
Se a langind page funcionar  e se tiver preparado para tal com um bom CRM, carregue marketing e google adwords em cima dela pois o negócio a partir daqui deverá escalar.
Depois de ter gerado as leads, mesmo que elas não fechem negócio nos proximos dias, continue a tratar delas com email marketing e newsletters. O cliente não comprou agora mas pode comprar daqui a um ano.

Boas vendas!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...